Monday, May 10, 2010

JN destaca a importância da computação forense

Reportagem do Jornal Nacional (Rede Globo) veiculado em 08/05/2010 mostra como o Instituto de Criminalística do estado de São Paulo está preparado para os novos desafios dos crimes digitais.



A investigação policial do futuro já chegou ao Brasil. Em São Paulo, as perícias feitas com computadores prendem cada vez mais criminosos. Sem lupa, sem luvas. Quando a prova do crime está em bites e bytes, a perícia convencional dá lugar a uma investigação digital. Um equipamento revela as últimas ligações e mensagens do celular. Conectado a um computador ou cartão de memória, um superprograma usado pelas principais polícias do mundo, como o FBI, vasculha todos os arquivos. Revela quando e para quê o computador foi usado, quebra senhas de acesso e até recupera o que foi apagado. Nos últimos dez anos, o número de perícias digitais em São Paulo pulou de 535 para 2.876, um aumento de 437%. Esse tipo de perícia é cada vez mais comum, porque, cada vez mais, as pessoas usam aparelhos eletrônicos para se comunicar, acessar e armazenar informações. Esses equipamentos foram tão incorporados ao dia a dia que muitas vezes o criminoso deixa vestígios sem se dar conta.

Vídeo da reportagem completa:







Update: Já em 21/04, o jornal Hoje em Dia (Rede Record), falava também sobre crimes que aproveitam dos meios virtuais: estelionato, pedofilia, crimes conta a honra...





3 comments:

Fabiana said...

Olá Luiz, tudo bem?

Você saberia me informar algum software utilizado para realizar perícias em Iphones? Vi no site da Techbiz um chamado Xry e um outro da Guidance chamado Neutrino, vc conhece outros?

Se puder me responder agradeço! =)

Fabiana

Luiz Rabelo said...

Oi Fabiana!

Existem várias opções no mercado. O XRY é muito bom, a Guidance tem o Neutrino e a AccessData tem o MPE+, ambos são muito bons também. Mas, na minha opinião, um dos melhores que eu recomendo muito é o Cellebrite.

Abraços!

Fabiana said...

Muito Obrigada Luiz! Vou pesquisar sobre esses que você me passou também! =)

Fabiana

Post a Comment