Sunday, September 26, 2010

Mais uma falha no Twitter...

O Twitter comunicou no começo da noite deste domingo, que a falha que atingiu o microblog na manhã de hoje já foi corrigida. Segundo o site, foram retirados da página todos os termos ofensivos que entraram no Trending Topics.

Durante todo o dia, era possível entrar no Twitter e se deparar com a mensagem “WTF: [link]”. Ao clicar no link, o usuário publica duas mensagens no site: a primeira com a mesma mensagem que contém o link, e outro com a afirmação “i love anal sex with goats” (“eu amo sexo anal com cabras”). Só foi afetado quem estava logado no twitter.com, não usuários de serviços como o Tweetdeck ou HootSuite.

O vírus foi informalmente batizado de “#wtfworm” com base na mensagem enviada. “Goats” (“Cabras”) foi parar nos Trending Topics (tópicos principais) do Twitter. Diferentemente dos vírus anteriores, a praga deste domingo infectou mais usuários estrangeiros do Twitter, devido à mensagem em inglês (“WTF” é uma sigla para “what the fuck”, ou “que isso?”, numa tradução branda).

Semana de ataques
Na terça-feira (21) o Twitter já havia sofrido um ataque que, no caso, impediu a utilização do microblog. A falha explorada fazia com que, ao passar o mouse em cima de um código publicado por outro usuário, a interface ficasse bagunçada, espalhando o problema para outras pessoas. Já na quinta-feira (23), a rede social Facebook saiu do ar por duas horas e meia por conta de uma falha que sobrecarregou o banco de dados do site.No sábado (25), hackers exploraram uma falha no Orkut, fazendo com que mais de 185 mil usuários fossem infectados e levados para a comunidade "Infectados pelo vírus do Orkut". Neste domingo (26), o YouTube sofreu um ataque que explorava uma falha do site, permitindo que hackers alterassem os títulos dos vídeos.

No comments:

Post a Comment