Friday, February 18, 2011

Utilizando CUDA para p@ssw0rd cracking

Um fato que vem acontecendo já a algum tempo é a evolução das placas de vídeo. Impulsionada pela indústria de games, as placas de vídeo com seus poderosos processadores e uma quantidade imensa de memória deixaram os processadores dos computadores comendo poeira a bastante tempo. CUDA é a arquitetura de computação paralela da NVIDIA que possibilita aumentos significativos na performance de computação pelo aproveitamento da potência da GPU (unidade de processamento gráfico).


Veja na imagem acima a comparação entre um processador como o Dual Core e o processador usado em uma placa de vídeo como a Geforce 8800. Ela possui até 128 núcleos.. é como se tivéssemos 128 processadores em paralelo, contra apenas 2 do Dual Core.

E claro que nós, escovadores de bits ávidos por um poder de processamento maior podemos tirar vantagem desta tecnologia para, digamos, dirty jobs...

A DigitalIntelligence desenvolveu o FRED SC para executar uma atividade: quebra de senhas.

FRED SC

Utilizando não apenas uma, mas QUATRO placas de vídeo NVIDIA GTX 480, chegamos ao ignorante número de 1920 núcleos esperando para serem utilizados, o que nos dá um poder de 4.769 TeraFlops de performance (4769 GigaFlops).

Você consegue imaginar este poder todo aplicado a quebra de senhas? Para facilitar, vamos analisar alguns gráficos:

PS: os gráficos são referentes ao modelo anterior do FRED SC, que utilizava quatro placas de vídeo NVIDIA GTX 295. Os resultados atuais são bem mais agressivos!



Bruto não? Maiores informações no site da Digital Intelligence.

2 comments:

Sandro Süffert said...

boa Luizão! As possibilidades do uso de GPU e Grid computing pra criptoanálise são fantásticas!

Há algum tempo atrás postei sobre o assunto também.. segue link para complementar: http://sseguranca.blogspot.com/2010/01/criptografia-rsa-768-bits-e-fred-sc.html

abraço!

SS

Luiz Rabelo said...

Boa, Sandrão! Como sempre, seus comentários enriquecendo o blog! Abraço!!

Post a Comment