Thursday, April 14, 2011

Os perigos do exibicionismo na Web

Quem me conhece sabe que sou muito fã do Twitter... Recentemente me deparei com um tweet da Dra. Patrícia Peck, que me inspirou a escrever este post:



Parece clichê falar sobre esse exibicionismo que vem ocorrendo na Web, mas alguns casos podem causar grande constrangimento para as partes, como o do vídeo com cenas eróticas (sexting) entre um casal de adolescentes no Rio Grande do Sul (RS), que circulou na internet. Tal situação é resultado da falta de conscientização para a ética e a responsabilidade digital. A regra é clara:

não publique nada na internet que você

não mostraria para sua mãe



Me atendo ao motivo do post, algumas pessoas acham legal tirar algumas fotos sensuais e publicar na internet. Fotos com celular, pois a resolução é satisfatória e está sempre a mão... Parece uma boa idéia, mas você tem idéia do quanto uma inocente foto tirada pelo celular pode te expor?? Fotos tiradas com celulares podem revelar sua localização precisa, baseada em posicionamento GPS, sabia?

Para não usar exemplos nacionais, para evitar expor (mais) as pessoas, vou fazer uma prova de conceito com sites americanos:

Procure no Google "sexy self photos iphone" (sem as aspas). Não se assuste com a quantidade de resultados encontrados. Vamos utilizar as fotos do primeiro link. 

Depois, vá até o site http://regex.info/exif.cgi e informe a URL da foto publicada. Como são muitas fotos e nem todas possuem tags GPS, já deixo aqui pronto o resultado, só clicar:

1   2   3   4   5

Aqui não tem nenhum truque. Smartphones e câmeras digitais mais recentes habilitam este recurso para que você possa saber, no mapa, onde tirou aquela foto maneira das férias. Veja o exemplo em uma confêrencia da Apple sobre o recurso:



Lembre-se, este blog não está ferindo a privacidade de ninguém, afinal, o que é privado não deve ser divulgado. Se eu colocar meu número de telefone aqui, terei que aguentar as consequências. É a mesma coisa!

Maiores informações sobre o sexting no portal G1.
Uso de imagem da Dra. Patrícia Peck foi autorizada.

No comments:

Post a Comment