Wednesday, April 4, 2012

Microsoft releases Security Intelligence Report (SIR) - "The evolution of malware and the threat landscape - a 10-year review"

Figures (clockwise from top left): relative severity of vulnerabilities disclosed since 2002 across the entire industry; average number of CVEs per MSRC security bulletin since the first half of 2005; worms, trojan downloaders and droppers, and password stealers and monitoring tools categories since 2006


Download PDFs: http://www.microsoft.com/download/en/details.aspx?id=29046

Sunday, April 1, 2012

Microsoft cederá à polícia dos EUA software que identifica fotos de pornografia infantil


A Microsoft anunciou que irá ceder uma tecnologia chamada PhotoDNA, que combate a pornografia infantil na web, para uso policial nos Estados Unidos. A gigante de tecnologia espera que o software ajude a polícia a fazer investigações mais eficientes.

O PhotoDNA foi desenvolvido pela Microsoft Research e pela Universidade de Dartmouth e já foi cedido à ONG americana Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas (National Center for Missing & Exploited Children – NCMEC). O Facebook também usa o programa para analisar as imagens que usuários colocam na rede social e filtrar fotografias obscenas. O PhotoDNA também será implementado em serviços da Microsoft como o Hotmail e o Skydrive.

O programa cria uma espécie de assinatura para cada imagem e a compara com a contida em fotos previamente indicadas como impróprias. Para gerar essa identidade, o programa converte a imagem em preto e branco e analisa as diferenças de brilho e contraste.

De acordo com a Microsoft, as imagens recolhidas pelo sistema revelam cenas cada vez mais violentas, com vítimas cada vez mais novas. Dez por cento das imagens recolhidas pelo NCMEC são de crianças tão jovens que não conseguem denunciar o abuso a um adulto.

Escala COPINE para classificação de pornografia infantil

No final de 1990, o projeto COPINE (sigla em inglês para "Combating Paedophile Information Networks in Europe", ou "combate às redes de informação pedófilas na Europa") na University College Cork, em cooperação com a Unidade de combate à pedófilia da Polícia de Londres, desenvolveram uma escala para classificar imagens de abuso infantil para uso em pesquisa e leis. Esta escala varia do nível 01 ao nível 10 e foi baseado na análise de imagens disponíveis em sites e fóruns da internet. Em 2002, no Reino Unido, o Painel Consultivo de Penas adaptadas à escala copine em cinco níveis e recomendou a sua aprovação para as diretrizes condenatórias, omitindo os níveis 1 a 3 e recomendando que os níveis 4 a 6 combinar como sentenciar o nível 1 e que os quatro níveis de 7 a 10 de cada forma um nível de severidade individual, para um total de 5 etapas de sentença.

1IndicativeNon-erotic and non-sexualised pictures showing children in their underwear, swimming costumes from either commercial sources or family albums. Pictures of children playing in normal settings, in which the context or organisation of pictures by the collector indicates inappropriateness.
2NudistPictures of naked or semi-naked children in appropriate nudist settings, and from legitimate sources.
3EroticaSurreptitiously taken photographs of children in play areas or other safe environments showing either underwear or varying degrees of nakedness.
4PosingDeliberately posed pictures of children fully clothed, partially clothed or naked (where the amount, context and organisation suggests sexual interest).
5Erotic PosingDeliberately posed pictures of fully, partially clothed or naked children in sexualised or provocative poses.
6Explicit Erotic PosingPictures emphasising genital areas, where the child is either naked, partially clothed or fully clothed.
7Explicit Sexual ActivityPictures that depict touching, mutual and self-masturbation, oral sex and intercourse by a child, not involving an adult.
8AssaultPictures of children being subject to a sexual assault, involving digital touching, involving an adult.
9Gross AssaultGrossly obscene pictures of sexual assault, involving penetrative sex, masturbation or oral sex, involving an adult.
10Sadistic/Bestialitya. Pictures showing a child being tied, bound, beaten, whipped or otherwise subject to something that implies pain.
b. Pictures where an animal is involved in some form of sexual behaviour with a child.

Crime mais denunciado em 2011 na internet foi o de pornografia infantil

Dentre as denúncias que mais foram delatadas à ONG SaferNet no ano de 2011 a maior quantidade se referia a casos de pornografia infantil. Conforme declaração de dados cedidos pela ONG, foram aproximadamente 15 mil denúncias somente sobre pornografia infantil.

Outros crimes também foram denunciados à ONG, como intolerância religiosa, racismo, neo nazismo, tráfico de pessoas, maus tratos com animais, xenofobia, homofobia e apologia e incitação a crimes contra a vida, no entanto, o que mais chamou a atenção, com 36% das ocorrências, foi mesmo o de pornografia infantil. No segundo lugar, com 7 mil denúncias, está “incitação ao crime e a violência”; e em terceiro a xenofobia, com 4 mil denúncias.

A SaferNet é conhecida por desenvolver pesquisas e também projetos sociais voltados ao combate da pornografia infantil e também trabalha contra os crimes que ferem os direitos humanos na internet, como os anteriormente citados. As denúncias feitas no site são encaminhadas ao Ministério Público e também à Polícia Federal, que se responsabilizam pelas investigações.